Quem Somos

O Meliponário Rei da Mandaçaia é um empreendimento familiar especializado na criação, conservação e manejo de Abelhas Sociais Sem Ferrão de ocorrência natural no estado da Bahia, estamos a mais de 20 anos criando, multiplicando e contribuído para preservação destes pequenos magníficos animais. O nosso empreendimento é cadastrado no IBAMA CTF: 1681253, no Site é possível encontrar fotos da produção e muitas informações a cerca desta atividade, nosso meliponário principal está situado no Distrito de Hidrolândia - Uibaí e em Cruz das Almas no Recôncavo da Bahia.

Responsável Técnico: Engenheiro Agrônomo/Mestre em Ciências Agrárias, Márcio Pires de Oliveira / CREA/BA40051 Email: meliponarioreidamandacaia@hotmail.com


sexta-feira, 29 de abril de 2011

Análise aponta melhores fontes de pólen para apicultura

No apiário do Departamento de Entomologia e Acarologia (LEA) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) daUniversidade de São Paulo (USP), em Piracicaba, um experimento de campo caracterizou o pólen de flores quanto à sua origem botânica e parâmetros físico-químicos. Os dados foram relacionados com o desenvolvimento de abelhas africanizadas (Apis mellifera L.), medido pelo tamanho da área ocupada com pólen, mel e cria dentro da colméia (cm²) e a assimetria flutuante das asas de abelhas operárias.
Foto:Site Agrosoft

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Alimentador Iratama II - Abelhas Pequenas

Foto 01 – Para elaboração do alimentador será utilizado: Cap de 60, joelho ½” (45°) e peça de acrílico (9x9 cm  ).
Foto 02 – Fazer um furo no diâmetro do joelho, para que o encaixe seja perfeito.
 Foto 03 – Lixar o joelho para que fique com o mesmo diâmetro, possibilita o encaixe no cap.
Foto 04 – Cortar diagonalmente o joelho, para facilitar a entrada das abelhas no alimentador.
Foto 05 – Cortar a parte superior do cap, acima do local onde será encaixado o joelho para facilitar o ajuste na caixa racional.

Foto 06Riscar o acrílico no formato do cap já pronto e cortar e/ou lixar.  Será utilizado como tampa do alimentador.
Foto 07- Partes finalizadas. Utilizar parafuso com porca e peça plástica para encaixe da tampa e  que servirá como alça para a retirar a mesma.
Foto 08Deverá ser utilizada cola de cano para ajuste do joelho, e na parte externa massa plástica para vedação.
Foto 09-O alimentador tem capacidade para 50 ml.
Foto 10 Peça finalizada a um custo de R$ 4,80
Fotos e invento: Dr. Rogério Marcos de Oliveira Alves