Quem Somos

O Meliponário Rei da Mandaçaia é um empreendimento familiar especializado na criação, conservação e manejo de Abelhas Sociais Sem Ferrão de ocorrência natural no estado da Bahia, estamos a mais de 20 anos criando, multiplicando e contribuído para preservação destes pequenos magníficos animais. O nosso empreendimento é cadastrado no IBAMA CTF: 1681253, no Site é possível encontrar fotos da produção e muitas informações a cerca desta atividade, nosso meliponário principal está situado no Distrito de Hidrolândia - Uibaí e em Cruz das Almas no Recôncavo da Bahia.

Responsável Técnico: Engenheiro Agrônomo/Mestre em Ciências Agrárias, Márcio Pires de Oliveira / CREA/BA40051 Email: meliponarioreidamandacaia@hotmail.com

Visite nossa lojinha virtual no endereço:

http://www.lojareidamandacaia.com.br/

terça-feira, 22 de março de 2011

Reedição do Jornal Eymba Acuay (Sem Ferrão)

É com grande satisfação que comunico aos visitantes do meu Site que o Prof. Dr. Rogério Marcos de Oliveira Alves, nos disponibilizou todas as edições do seu jornal Eymba Acuay que tratava de noticias da meliponicultura Brasileira desde cotações de produtos e subprodutos, calendários meliponicolas, eventos e reportagens com contribuições de renomados pesquisadores como o Prof. Paulo Nogueira Neto, Lúcio Antônio de O. Campos, Dr. Warwick E. Kerr e muitos outros, esse jornal na época tinha edições bimestrais e era pago, agora irei reeditar e disponibilizá-los  no meu Site, é a oportunidade de colecionarmos! disponibilizarei gratuitamente as edições semanalmente não percam essa oportunidade até o final de semana postarei o Volume 1, edição 1 de maio e junho de 1999. nesta edição: Conhecendo as abelhas sem Ferrão, Os índios e as abelhas sem ferrão, plantas meliponicolas , projeto abelhas no zoo, Vocabulário,   Duvida na criação de abelhas sem ferrão, dicas, cadastro de meliponicultores. 

Visitantes Ilustres em Cruz das Almas - BA

Foi com enorme prazer que tive a honra de receber a visita de dois outros apaixonados por abelha, os nossos amigos do ABENA do Rio de Janeiro o Jessimar e esposa e o nosso amigo Australiano  Bob Luttrell, eles me visitaram em Cruz das Almas nas dependências do INSECTA grupo de pesquisa do qual faço parte, onde viram diversas espécies de abelhas sem ferrão entre elas Uruçús, Jatais, Irais, Munduris, Mandaçaias e outras mais que mantemos em nossos meliponários de pesquisa, puderam experimentar um otimo  mel de Scaptotrigona sp. do Sertão baiano, de Uruçú  lá de Camaçari e também um horrivél que temos por aqui que creio eu se tivesse concurso para pior mel esse seria um forte candidato pois amarga pra caramba, o único probleminha foi a comunicação pois o meu inglês da para contar as palavras nas pontas dos dedos a sorte e que o Jessimar arranha muito bem o idioma, foi uma tarde muito proveitosa conversamos pra caramba fizemos uma divisão de enxame e até ganhei um presente do Bob, um livro sobre abelhas australianas que retribui com dois potes, um de pólen  e outro de mel de Scaptotrigona sp. com mais puro sabor das Caatingas da Bahia.
Fotos: Márcio Pires

domingo, 20 de março de 2011

INSECTA Núcleo de Estudo dos Insetos

O Núcleo de Estudo dos Insetos - INSECTA atua em atividades de ensino, formação de recursos humanos, pesquisa e extensão em Entomologia, e é composto por pesquisadores e estudantes da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, em parceria com outras Instituições de Ensino e Pesquisa.
O principal objetivo do Núcleo INSECTA é gerar informações sobre a fauna entomológica, fornecendo subsídios para o conhecimento da diversidade dos insetos em ecossistemas agrícolas e naturais, manejo e conservação de espécies, além do controle populacional de insetos em áreas agrícolas.
Com sede física no Laboratório de Entomologia do Centro de Ciências Agrárias Ambientais e Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, os pesquisadores do Núcleo possuem experiência e atuação em várias regiões do Estado da Bahia e do Brasil em diferentes campos da Entomologia.

O Grupo INSECTA oferece anualmente um curso gratuito de capacitação em Meliponicutura,  ao meu ver o mais completo do país, a data este ano e 2, 3 e 4 de dezembro!

Fotos: Márcio Pires