Quem Somos

O Meliponário Rei da Mandaçaia é um empreendimento familiar especializado na criação, conservação e manejo de Abelhas Sociais Sem Ferrão de ocorrência natural no estado da Bahia, estamos a mais de 20 anos criando, multiplicando e contribuído para preservação destes pequenos magníficos animais. O nosso empreendimento é cadastrado no IBAMA CTF: 1681253, no Site é possível encontrar fotos da produção e muitas informações a cerca desta atividade, nosso meliponário principal está situado no Distrito de Hidrolândia - Uibaí e em Cruz das Almas no Recôncavo da Bahia.

Responsável Técnico: Engenheiro Agrônomo/Mestre em Ciências Agrárias, Márcio Pires de Oliveira / CREA/BA40051 Email: meliponarioreidamandacaia@hotmail.com


quarta-feira, 13 de abril de 2011

Uma Trajetória Ambientalista: Diário de Paulo Nogueira-Neto

O livro “Uma Trajetória Ambientalista: Diário de Paulo Nogueira-Neto” reúne os fatos mais significativos dos 45 anos da trajetória deste eminente cientista e homem público. É também uma justa homenagem do WWF-Brasil ao homem que faz parte de seu Conselho Diretor há mais de 14 anos e Presidente Emérito há cinco.
Paulo Nogueira-Neto, patrono do ambientalismo em nosso país, advogado, professor e pesquisador especializado em apicultura, prestou ao Brasil notável contribuição científica, institucional e administrativa. De 1974 a 1986, dirigiu a SEMA, Secretaria Especial de Meio Ambiente, órgão do governo federal ligado ao Ministério do Interior que, na época, era responsável pelo setor ambiental no Brasil. Paulo Nogueira-Neto foi membro da Comissão Brundtland de Meio Ambiente e Desenvolvimento das Nações Unidas, que criou o conceito de Desenvolvimento Sustentável.
Este diário reúne a longa e profunda experiência de Paulo Nogueira-Neto na forma de suas anotações, registradas metodicamente ao longo de mais de 30 anos. É uma verdadeira história do ambientalismo brasileiro, abrangendo fatos significativos e identificando personagens que acreditam no progresso social e econômico em equilíbrio com a natureza.


Baixe o livro no site no menu link para livros!

domingo, 10 de abril de 2011

Translado passo a passo, junte o material e siga em frente

Junte o material necessário para o translado: fundo ,ninho, sobre-ninho, lona plástica, tampa e grampeador.
Grampear o fundo no ninho, pois melhora o processo de fixação
Fundo e ninho fixados
Vista da alça de divisão
Fundo, ninho, sobre-ninho
Aspecto frontal da caixa racional completa
Vista vertical da caixa racional mostrando as partes
Junte as ferramenta utilizadas para abrir o tronco
Observar a posição da entrada do enxame para colocação da caixa racional na mesma posição
Com a serra circular faça um corte no sentido longitudinal tendo se o cuidado de não aprofundar muito o corte e danificar o ninho
Deve se ter o cuidado durante esse processo para evitar acidentes nunca faça esse trabalho sozinho
Detalhe do corte sem atingir o interior do tronco
Com o auxilio de uma talhadeira e uma marreta proceda o processo de abertura evitando batidas muito fortes
Vista do tronco aberto, sem prejuizo a estrutura do ninho
Ninho perfeito sem avarias e sem destruição de postura e crias novas
Ninho colocado na caixa racional, a rainha estava dentro do ninho
colocação de um anel de cerume em volta da entrada da nova caixa facilitará a localização da nova entrada pelas abelhas que retornam do campo ou que voaram durante a abertura do tronco
Lavagem do tronco para que as abelhas empregadas de de mel possam se limpar mais facilmente e também desestimular a pilhagem por outras abelhas que possam ser atraídas pelo alimento derramado
Caixa racional colocada no local do tronco
Não colocar nenhum alimento na ocasião do translado, esse deve ser recolhido e servido posteriormente quando o enxame já estiver organizado
Nos dois dias seguintes proceder a retirada do lixo juntado pelas abelhas, caso não seja retirado pode atrair forídeos o que pode acarretar na perda do enxame
Retirar o lixo com auxilio de um pá de sorvete, observar que já existe potes em construção após um único dia
Retirada de discos de cria estourados
Discos de de postura estourados é um forte atrativo de Forídeos, não tenha pena é melhor perder um disco do que perder um enxame
Cera lavada será fornecida a partir do terceiro dia para facilitar a construção de potes de alimento
Pólen recolhido poderá ser servido com o xarope de alimentação na proporção de uma colher de chá pra um litro de xarope
Outros Cuidados :
  • não colocar potes de pólen 
  • evitar dias nublados 
  • evitar períodos de falta de florada 
  • tampar as frestas existentes na caixa  
  • retirar enxame com o mínimo de danos 
  • após abertura retirar primeiramente os favos 
  • procurar a rainha 
  • retira os potes de alimento e guarda-los 
  • lavar a cera dos potes, secar e devolver a caixa 
  • o pólen deve ser guardado para alimentação artificial 
  • colocar alimento artificial a partir do terceiro dia caso não haja floradas abundante