Quem Somos

O Meliponário Rei da Mandaçaia é um empreendimento familiar especializado na criação, conservação e manejo de Abelhas Sociais Sem Ferrão de ocorrência natural no estado da Bahia, estamos a mais de 20 anos criando, multiplicando e contribuído para preservação destes pequenos magníficos animais. O nosso empreendimento é cadastrado no IBAMA CTF: 1681253, no Site é possível encontrar fotos da produção e muitas informações a cerca desta atividade, nosso meliponário principal está situado no Distrito de Hidrolândia - Uibaí e em Cruz das Almas no Recôncavo da Bahia.

Responsável Técnico: Engenheiro Agrônomo/Mestre em Ciências Agrárias, Márcio Pires de Oliveira / CREA/BA40051 Email: meliponarioreidamandacaia@hotmail.com


terça-feira, 10 de maio de 2011

Se foi, não é mais!! Também sou criador de Tubi

Desde a reportagem com o companheiro Wilson Melo do município de Barra do Corda no Maranhão no Globo Rural, fiquei até surpreso quando o repórter falou que ele era o único criador da abelha tubi do Brasil, fiquei assim surpreso pois crio e também conheço criadores aqui no meu município que criam  uma Scaptotrigona sp. que chamamos também de tubi, o certo  é que poderia ser uma outra espécie  então fiquei quieto até então, porém em viagem a Mossoró o Kalhil Pereira me apresentou a famosa tubi do Maranhão que comprou do sr. Wilson, que para minha surpresa é mesma que ocorre aqui em muitas regiões da Bahia eu mesmo tenho 30 enxames e digo mais em boas condições de floradas não produz só pólen e própolis como sugere a reportagem, pois já colhi de uma unica vez 1,5 litro de mel em uma colméia tipo Maria, outra coisa as fotos abaixo falam por si só!
 Abelha muito populosa e um pouco defensiva.
 Esse cortiço tem cerca de 1 metro de comprimento.





Meu sobrinho Fabrício de 7 anos na verdade não sei se ele me ajuda ou atrapalha, o que sei é que sempre quer me acompanhar no manejo rsrsrs! 
Olha o Fabrício aí de novo!

3 comentários:

  1. Olá meu amigo Márcio Pires, estou impressionado com a Scaptotrigona sp. (tubi). Tenho 35 enxames, e mesmo em meio a seca prolongada que vem castigando nosso sertão, ali vão elas, carregadas de pólen, resina e néctar rumo à perpetuação de sua espécie. Minhas colõnias estão fortíssimas (bastante alimento, própolis e crias). São abelhas cuja polulação pode chegar até 50.000 operárias, possue um comportamento altamente defensivo e tem facilidade de adaptação surpreendente.

    ResponderExcluir
  2. Só para título de informação, em nenhum momento foi afirmado na reportagem que a abelha tubi não produz mel, mas sim, que o que prevalece é a produção de própolis e pólen.
    Também não foi afirmado que o meliponicultor Wilson Melo seria "o único criador da abelha tubi" no Brasil. Porém, o mesmo começou seu trabalho no ramo há mais de 25 anos e vem sendo reconhecido nacionalmente, em decorrência principalmente dos seus medicamentos fitoterápicos à base de própolis e pólen...que vem sendo estudados e aprovados por várias universidades federais e estaduais do país, bem como por vários institutos como o próprio Incor.

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Cara Indira, conheço pesoalmete o sr. Wilson, sou um grande admirador do trabalho que ele desenvolve, porém a materia não tem a finalidade de desmerecer o tarabalho que ela faz, e o titulo da postagem "Se foi, não é mais!! Também sou criador de Tubi" não tem conotação nem de desafio nem de desmerecimento e só dizer que também tem outros criadores que criam.
    Outra coisa lá na chamada da globo afirma sim ser a unica criação:
    http://redeglobo.globo.com/Tv_globo/Noticias/0,,MUL1097676-16162,00
    GLOBO+RURAL+MOSTRA+A+UNICA+CRIACAO+DE+ABELHAS+TUBI+DO+BRASIL+DOMINGO.html




    Volto a dizer sou fãn do seu Wilson!



    Até.



    ResponderExcluir